26.7.06

Made in Japan

Às vezes observo em restaurantes japoneses as pessoas se alimentando de forma atrapalhada, por inexperiência ou algo parecido, já vi até algumas espetando o alimento com o hashi, como se fosse um palito ou retirando o arroz para comer somente o resto. E sempre o Rodrigo aos risos fala: "está desonrando a família dos japoneses". Bom, por curiosidade pesquisei a respeito e descobri que não se deve cravar um hashi em um restaurante ou casa japonesa em nenhum alimento. Esta atitude só é permitida nos oratórios, templos budistas ou shintoístas para as pessoas que já morreram.
Outra curiosidade é que existem algumas histórias que dizem que as mulheres não deveriam preparar os sushis. Certamente elas estão ligadas ao fato da sociedade japonesa ser muito machista. Acreditava-se que a mulher não poderia preparar o sushi porque a sua temperatura corporal se alterava no ciclo menstrual. Desta forma, acabaria influenciando na qualidade final do sushi que é servido cru.
Dizem os japoneses que os hashis não fazem parte da tradição de comer sushis e sashimis. Isso é um hábito ocidental. O correto é consumir utilizando-se das mãos.
Claro que falando desse assunto eu fiquei com água na boca e me deu uma imensa vontade de comer japa! Mesmo porque dizem que essa culinária aproxima os casais, uma vez que é servido apenas um prato para se comer a dois. Hum... que delícia!!

2 comentários:

Rodrigo Soares disse...

Adorei!
Principalmente a parte de apenas um prato para se comer a dois...
nham nham... deu água na boca!

Let disse...

Me fala uma coisa... não gosto de comida japonesa... gostaria de saber a diferença entre hashis, sushis e sashimis!!! rs (sério)