21.7.10

I Love Jazz - BH



As origens da palavra Jazz são incertas e o estilo não foi aplicado como música até por volta de 1915. Earl Hines, nascido em 1903 e mais tarde se tornou celebre músico de jazz, costumava dizer que estava "tocando o piano antes mesmo da palavra 'jazz' ser inventada". Como consequência do encontro de influências entre os valores do negro americano e a cultura europeia, nascia ali o jazz. Desde então, o ritmo passou por diversas modificações e incorporou uma série de influências, tornando-se ora mais reflexivo, ora mais dançante. E é exatamente essa última, a vertente celebrada na segunda edição do Festival Internacional I Love Jazz, evento que ocorre entre os dias 30 de julho e 8 de agosto em quatro capitais brasileiras: Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. A programação inclui, além dos shows principais, pocket shows gratuitos que antecipam os dias do Festival. Confira a programação aqui.

Nos encontramos em Belo Horizonte na Praça do Papa :)

6 comentários:

Kammy disse...

Mara esse evento hein....
Pena que eh longe pra mimmmm!
mil beijinhos
kammy!

Bonequinha de luxo disse...

Kammy, é uma pena!
Fui no ano passado e foi muito gostoso, apesar do frio que estava fazendo, bom para acompanhar um vinho :)

Marie Clarté d'Or disse...

Ameiiiiiii o post! Também fui no ano passado e adorei!

Pedrita disse...

eu amo jazz e já li bastante sobre o assunto. já li um livro sobre jazz do callado, daquela coleção da perspectiva que é bem em conta. a biografia da ella fitzgerald que peguei emprestado de um amigo e tenho um livro do ruy castro, bem resumido sobre alguns jazzistas. o livro é mais geral, mas tem um resumo de alguns músicos. esse livro só emprestado. os outros vale a pena ter. o último é meio frustrante. bejios, pedrita

Bonequinha de luxo disse...

Pedrita, vc é uma enciclopédia, hein menina?! Acho bárbara a história dos ícones do jazz e realmente alguns livros valem a pena ter. Beijocas.

Rodrigo Soares disse...

Estaremos lá! \o/